Carlos Lança

Nasceu em Lisboa, estudou artes na Escola António Arroio, Literatura e Línguas Modernas na Universidade, Teatro na ESTC-Lisboa e Cinema no Conservatório de Paris.

Em Paris recebe formação em Teatro de Marionetas por Lucienne e André Blin e profissionaliza-se como marionetista integrando a Compagnie Blin durante dez anos. Ainda em Paris é assistente de Frederic Blin na criação dos espectáculos: Kastalia, estreia em Charleville no Festival Mondial de Théâtres de Marionnettes, dramaturgia e assistente de encenação em Pinpon D’Or e em La Grande Bleu pela Compagnie Blin com estreia no Théâtre de Montrouge – Paris.

Em Portugal em 1998 integra o elenco das Marionetas de Lisboa como ator –marionetista, tendo sido tradutor e assistente de encenação da peça Geneviève de Brabant de Erik Satie, encenação de José Ramalho. Em 2001 dramaturgia, encenação, marionetas e cenário de O Rouxinol e o Imperador de H. C. Andersen, espectáculo subvencionado pelo IPAE.

Em 2002 cria a Companhia de Teatro de Marionetas Algazarra onde é o responsável pela dramaturgia, encenação e dinamização dos espectáculos. Escreve e encena Crokorókódilo, Contos em Sombras de H. C. Handersen, Tik- Tak- Espectacliê, Trimm Trimm Histórias de Grimm!!  e Tobias e Tomé.